1. Home
  2. /
  3. Degustação
  4. /
  5. Summer Ale: a cerveja com verão até no nome
Summer Ale: a cerveja com verão até no nome
Em 29/12/2021 às 10h10.

Summer Ale: a cerveja com verão até no nome

Estilo que surgiu na década de 1980, no Reino Unido, destoa da escola inglesa; a bebida tem cor clara, é dourada e com lúpulos frutados e cítricos norte-americanos.

Luis Celso Jr.
Por Luis Celso Jr., cervejar.com
Jornalista e Sommelier de cerveja

As cervejas sempre foram influenciadas pela sazonalidade. Calor e frio, verão e inverno, semeadura e colheita, Páscoa e Natal são alguns exemplos de datas e períodos que motivaram o surgimento de diferentes estilos. Mas, poucos deles têm isso marcado no nome, como acontece com o estilo Summer Ale.

O Summer Ale, também conhecido como English Golden Ale, surgiu na década de 1980, no Reino Unido. Trata-se de um tipo de cerveja de cor clara, dourada, e com lúpulos frutados e cítricos norte-americanos, destoando e, muito, da escola britânica de cervejas.

Nascimento

Esse estilo nasceu como cerveja sazonal de verão, o que lhe rendeu o nome “summer”. No entanto, nos anos 1990 e 2000, cresceu tanto em popularidade que passou a ser produzido o ano inteiro. É um dos estilos mais celebrados hoje como cerveja moderna inglesa.

Esta cerveja representa uma grande ruptura no contexto britânico, principalmente pela cor, já que todos os estilos tradicionais desta escola cervejeira são de cor âmbar a mais escuros.

No passado, até a Revolução Industrial, grande parte das cervejas europeias eram de cor marrom. Isso porque, os maltes eram secos a fogo direto, uma forma mais rústica de finalizar o processo de malteação.

Foi somente entre os séculos 17 e 19, que os ingleses desenvolveram as bases da tecnologia moderna de malteação. No entanto, foi na Alemanha que maltes ainda mais claros surgiram, sendo empregados, pela primeira vez, na Pilsen, estilo de cerveja que nasceu em 1842, e faz sucesso até hoje.

Talvez, os maltes dourados nunca tenham sido explorados na Terra da Rainha, justamente, por representarem uma tecnologia estrangeira.

O que beber?

A Summer Ale pode também contar com uma parcela de malte de trigo na composição e trazer lúpulo mais evidente no aroma e sabor, com amargor elevado. Ela pode ser de variedade inglesa, com notas mais herbáceas e terrosas, no entanto, é mais comum encontrar variedades americanas, frutadas, cítricas e resinosas.

Confira, a seguir, algumas fantásticas sugestões deste estilo.

Dogma Goldenlicious (5,1% – 473 ml)

Feita com malte de cevada e trigo, além de aveia, centeio e espelta, trata-se de uma autêntica Summer Ale inglesa produzida pela paulistana Dogma Cervejaria. Dourada, com lúpulos americanos, cítricos e florais, é equilibrada e de amargor moderado.

Kona Big Wave (4,4% – 355 ou 269 ml)

Marca havaiana nascida em 1994, a Kona hoje pertencente à AB Inbev. A Big Wave é uma Summer Ale muito suave e refrescante, com leves aromas cítricos e final mais seco.

Colorado do Leme ao Pontal (5% – 600 ml)

Summer Ales combinam muito bem com frutas. Na cerveja Colorado do Leme ao Pontal, uma base leve é usada com muita goiabada. Feita em homenagem ao cantor Tim Maia, é leve, frutada, refrescante e saborosa.

Mercado Cervejeiro
26/01/2022 às 14h41.

Embalagem bonita é diferencial e ajuda nas vendas

Latas ou garrafas bonitas de cerveja podem atrair consumidores e impulsionar as vendas.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
25/01/2022 às 10h00.

Terra da garoa, São Paulo é também a terra da cerveja

A cidade São Paulo, que comemora 468 anos em 2022, caminha para ter o maior número de cervejarias do Brasil.

Compartilhe