1. Home
  2. /
  3. Mercado Cervejeiro
  4. /
  5. Quais as diferenças entre uma cervejaria e um brewpub
Quais as diferenças entre uma cervejaria e um brewpub
Em 04/10/2021 às 14h48.

Quais as diferenças entre uma cervejaria e um brewpub

Brewpub é uma palavra que as pessoas que acompanham publicações relacionadas à cerveja artesanal devem ter escutado muito nos últimos anos.

Felipe Freitas
Por Felipe Freitas, cervejar.com
Engenheiro Químico e Sommelier de Cerveja

Brewpub é uma palavra que, provavelmente, as pessoas que acompanham publicações relacionadas à cerveja artesanal devem ter escutado muito nos últimos anos. A curiosidade que a palavra desperta acaba gerando mais dúvidas do que certezas sobre o seu significado.

De forma muito simplificada, poderia se dizer que os brewpubs são cervejarias que produzem cerveja para venda direta ao consumidor no mesmo local da produção. Porém, existem uma série de nuances que deixam o assunto um pouco mais complexo que serão explicadas a seguir.

Definir o que é ou não um brewpub precisa levar em conta mais algumas questões além da venda direta num balcão junto a cervejaria. As principais delas são o quanto da produção cervejeira é vendida diretamente ali e se a cervejaria possui uma cozinha que permita a produção de pratos que acompanhem as bebidas servidas.

Cervejarias cuja produção possua a opção de consumo num bar diretamente na fonte, mas que a maior parte seja vendida através de distribuição não se encaixam dentro do que se conceitua como brewpubs, mas sim cervejarias com um bar da fábrica anexo.

Já as cervejarias que focam na venda direta no próprio local de produção, mas que não possuem uma cozinha realmente equipada para servir pratos junto das cervejas seria classificada com uma cervejaria com taproom. Algo como um brewpub com estrutura simplificada.

Essa é a maneira como esses tipos de negócio são classificados pela Brewers Association, a associação das microcervejarias existentes nos Estados Unidos e que mede e analisa como está a evolução numérica de cada um desses tipos de cervejaria.

Para o mercado de cerveja norte-americano este é um tema de alta relevância porque cerca de 70% das mas mais de oito mil cervejarias existentes nos EUA (sim eles são o país com o maior número de cervejarias do mundo) são classificados como brewpubs ou taprooms, ou seja, microcervejarias independentes que servem apenas um quarteirão ou no máximo alguns bairros de uma região.

Brewpubs e taprooms são bons para quem produz e para quem consome!

Brewpubs e taprooms são o que se chama de cervejarias com foco na venda direta para o consumidor, pois a maior parte da cerveja produzida não ganhará venda através de intermediários.

Para quem bebe existem muitas vantagens. A principal é beber cerveja fresca e isso é uma experiência sem igual para muitos estilos em que o sabor e o aroma da cerveja são muito mais ricos se aproveitados diretamente na fonte sem passar por transporte, calor e tempo desde a produção até o consumo final.

Para quem produz a cerveja esse modelo também é muito atraente. Com ele a cervejaria está sempre “jogando em casa” podendo interagir diretamente com quem compra o que ajuda muito a transmitir todo valor relacionado a cerveja e, além disso, oferece margens muito melhores na venda, pois não necessita de intermediários para chegar até o consumidor final, o que ajuda a tornar o negócio da cervejaria mais viável.

Importante mencionar que, além de tudo isso, essas cervejarias que possuem foco na venda direta, sejam brewpubs ou taprooms, podem ter uma infinidade de possibilidades de posicionamentos.

Esses locais podem buscar ser tanto um restaurante sofisticado que possua sua própria produção de cerveja e possibilite uma série de harmonizações com pratos requintados, quanto também podem ser um belo boteco com suas cervejas próprias e super frescas que são compartilhadas numa roda de amigos acompanhando uma boa conversa.

De uma certa maneira, a popularização dos brewpubs e taprooms, sem necessariamente possuírem esses nomes no seu letreiro, estará intimamente ligada com a popularização das microcervejarias no Brasil. Quanto mais familiarizado o público se tornar de beber direto da fonte de um pequeno produtor, maior será o número de cervejarias deste tipo povoando diversas regiões com boas cervejas.

Mercado Cervejeiro
26/01/2022 às 14h41.

Embalagem bonita é diferencial e ajuda nas vendas

Latas ou garrafas bonitas de cerveja podem atrair consumidores e impulsionar as vendas.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
25/01/2022 às 10h00.

Terra da garoa, São Paulo é também a terra da cerveja

A cidade São Paulo, que comemora 468 anos em 2022, caminha para ter o maior número de cervejarias do Brasil.

Compartilhe