1. Home
  2. /
  3. Mercado Cervejeiro
  4. /
  5. Existe uma boa razão para a cerveja artesanal ser mais cara
Existe uma boa razão para a cerveja artesanal ser mais cara
Em 28/10/2021 às 10h00.

Existe uma boa razão para a cerveja artesanal ser mais cara

A chamada revolução da cerveja artesanal tem feito com que muitas pessoas esperem mais da sua cerveja, do que antes.

Felipe Freitas
Por Felipe Freitas, cervejar.com
Engenheiro Químico e Sommelier de Cerveja

A cerveja é a bebida alcoólica mais consumida do mundo. E, não só isso. Quando comparada a todas as bebidas existentes no planeta, a cerveja só perde para a água e para o chá.

A preferência pelo consumo de cerveja possui uma série de fatores ligados ao gosto pela bebida. Mas, outra questão também possui importância especial. Com a ascensão das cervejas de massa, no início do século XX, produzidas em grande escala, a cerveja se tornou uma bebida alcoólica muito barata.

É por isso que é muito mais comum, por exemplo, as pessoas levarem um pack de 12 latas de cerveja para um churrasco, do que escolherem uma bebida alcoólica mais cara.

Mas, a chamada revolução da cerveja artesanal tem feito com que muitas pessoas esperem mais da sua cerveja, do que antes. No entanto, este aumento de expectativa, gerou também um aumento de preço, e isso pode ser explicado.

Em primeiro lugar, o mais fácil de compreender é que toda riqueza de sabores e aromas que acompanham a cerveja artesanal está ligada à utilização de ingredientes mais caros. Isso, por si só, já influencia o preço de maneira muito relevante.

Porém, as explicações que justificam os altos preços da cerveja artesanal, em comparação às marcas mais comuns, de grandes fabricantes, vão muito além do tipo de ingrediente utilizado para a sua fabricação.

As diferenças de escala

Um fator muito importante para entender essa diferença é compreender a distância de escala entre a produção de uma microcervejaria para as cervejarias dos chamados grandes conglomerados, que são as grandes empresas, que dominam a venda de cerveja por todo o mundo.

A diferença de tamanho entre essas empresas é enorme. Isso significa que o custo por unidade produzida pelas pequenas cervejarias será muito maior do que as fabricadas em massa.

Por exemplo, uma latinha utilizada para envasar cerveja pode custar até cinco vezes mais para microcervejarias, que compram essas embalagens em menores lotes, o que aumenta, e muito, o preço.

Toda essa diferença de tamanho impacta o custo da cerveja artesanal não só na produção, mas em  diversos outros pontos da cadeia, como armazenamento e distribuição.

Os impostos sobre a cerveja

Nesta jornada que explica o preço da cerveja artesanal, outro fator importante é a incidência de impostos, que influenciam boa parte do que os consumidores pagam ao comprar o produto.

Em diversos países, onde microcervejarias cresceram e ocuparam maiores fatias do mercado, isso só se tornou possível graças a um tratamento tributário diferenciado para estas empresas. Dessa forma, os preços das bebidas produzidas em menor escala ficam mais acessíveis, ao mesmo tempo, em que gera margem para que o negócio se torne viável.

Nesta lógica, quanto menor a cervejaria, menor é a carga tributária que incide sobre ela. Isso permite o florescimento de dezenas de cervejarias com atuação local que, de outra forma, não teriam fôlego para competir com as gigantes do setor.

Fazer uma cervejaria artesanal sobreviver é um trabalho bastante árduo. Isso porque, as margens de lucro são baixas, pois, como vimos, os custos e despesas para esses pequenos negócios são muito elevados. Se não fosse a paixão por produzir cervejas, este mercado não existiria.

Mercado Cervejeiro
23/06/2022 às 10h57.

Com nova lei, Rio de Janeiro pode ganhar mais cervejarias

Após receber aprovação final e entrar em vigor, lei pode ser o “empurrão” que faltava para pessoas que desejam abrir sua cervejaria artesanal, mas encontravam barreiras para isso.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
16/06/2022 às 10h00.

Dia do Orgulho LGBTQIA+: 3 iniciativas que apoiam a causa

O dia 28 de junho marca a luta pela diversidade e igualdade de direitos. A cerveja não está alheia ao tema e já existem, inclusive, iniciativas e empreendimentos na área.

Compartilhe