1. Home
  2. /
  3. Mercado Cervejeiro
  4. /
  5. As mulheres cervejeiras e seu papel histórico
As mulheres cervejeiras e seu papel histórico
Em 17/09/2021 às 14h09.

As mulheres cervejeiras e seu papel histórico

Você sabia que até 1500 a produção de cerveja era um trabalho principalmente desenvolvido por mulheres?

Felipe Freitas
Por Felipe Freitas, cervejar.com
Engenheiro Químico e Sommelier de Cerveja

Talvez poucas pessoas saibam, mas até 1500 a produção de cerveja era um trabalho principalmente desenvolvido por mulheres. A história seguiu assim até que essas mulheres foram acusadas de serem bruxas.

De fato, muito da imagem associadas às bruxas, desde o chapéu pontiagudo até as vassouras, estão relacionadas à imagem das mulheres cervejeiras do século XV.

A cerveja é uma bebida milenar que tem acompanhado a história da humanidade em diversos pontos do planeta. Ao longo de séculos, dos egípcios aos vikings, as mulheres eram responsáveis pela produção cervejeira tanto para cerimônias religiosas quanto para a rotina diária.

Muitas dessas mulheres acabaram por utilizar o conhecimento na produção de cerveja para finalidade comercial e começaram a vender a bebida como um meio de ganhar dinheiro. Em diversos locais da Europa, a cerveja era considerada uma parte da dieta para fornecer nutrientes, sendo enxergada como uma forma para o consumo de cereais.

Mas então como esse cenário mudou? Por que o trabalho das cervejeiras deixou de ser algo comum e sua imagem quase desapareceu da mente das pessoas?

No século XVI movimentos de fundamentalismo religioso iniciaram um processo para estabelecer normas rígidas de atividades que deveriam ser atribuídas às mulheres e muitos homens viram nisso uma oportunidade de se estabelecerem na produção de cerveja, acusando as cervejeiras de serem bruxas.

As cervejeiras possuíam chapéus altos e pontiagudos para poder se destacar nas multidões, costumavam transportar cerveja em caldeirões e possuíam gatos para afastar ratos de seus estoques de cereais, muitos historiadores comentam que esses atributos ajudaram a formar a ideia que criou a imagem das bruxas para o público. Infelizmente, os rumores que ligavam cervejeiras à bruxaria se espalharam e muitas se afastaram da prática de produção de cerveja para evitar perseguição e sentenças de morte que ocorreram em diversos países da Europa.

Desde então, a figura masculina do cervejeiro passou a dominar o imaginário relacionado à cerveja e muitos desconhecem o papel histórico da mulher na criação da cultura cervejeira.

Mais recentemente, com o crescimento de microcervejarias pelo mundo inteiro, mulheres têm retornado gradativamente a possuir seu protagonismo no mundo da cerveja, algo que só favorece com que o público feminino se identifique e se interesse pelo rico universo da bebida, e há muito ainda a ser feito nesta direção.

Mercado Cervejeiro
09/11/2022 às 10h30.

5 livros sobre como fazer cerveja

Fazer cerveja pode ser um hobbie, ou um trabalho sério; independente do seu nível de experiência, há ótimos livros para te ajudar a começar ou aprofundar os estudos cervejeiros.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
21/10/2022 às 13h03.

Fique por dentro: Dicionário das cervejas funcionais

Cervejas funcionais adicionam características benéficas à saúde; fique por dentro do vocabulário ligado a essas bebidas.

Compartilhe