1. Home
  2. /
  3. Degustação
  4. /
  5. 5 cervejas refrescantes para os dias quentes da primavera
5 cervejas refrescantes para os dias quentes da primavera
Em 29/09/2021 às 14h38.

5 cervejas refrescantes para os dias quentes da primavera

Para ajudar você a vencer as horas mais quentes com muito sabor, separamos 5 rótulos fantásticos que você não pode deixar de provar.

Luis Celso Jr.
Por Luis Celso Jr., cervejar.com
Jornalista e Sommelier de cerveja

A primavera está aí. Começa no dia 22 de setembro. E como uma das estações intermediárias do ano — entre o inverno, que ficou para trás, e o verão que está por vir —, tem temperatura bastante instável. Há dias mais frios e os famosos veranicos, que pedem cervejas leves e refrescantes para combater o calor. Para ajudar você a vencer as horas mais quentes com muito sabor, separamos 5 rótulos fantásticos que você não pode deixar de provar.

1 – Maniacs 41 Pils

Cervejas Lager são ótimas para essas temperaturas porque aliam corpo leve e final seco com aromas e sabores mais suaves, possibilitando que elas possam ser bebidas mais geladas sem prejuízo ao sabor. Mas dar um passo além das American Lagers em direção às cervejas artesanais é importante. A Maniacs 41 Pils (Curitiba – PR – 355 ml – 5,7%) é ideal para isso.

O estilo dela é o Bohemian Pilsener, que é o verdadeiro Pilsen criado em 1842 na cidade de Plzen na República Checa. As cervejas são douradas, tem notas de malte mais acentuadas, lembrando pão e biscoito, e um toque maior de lúpulo que as cervejas mainstream. O amargor é médio, o aroma do lúpulo é condimentado, e ela é muito fácil de beber. Essa cerveja foi lançada por ocasião do aniversário de Curitiba em 2019 e faz uma homenagem à cidade no rótulo e no nome: 41 é o DDD da capital paranaense.

2 – Wäls Witte

Única Witbier já premiada com medalha de ouro no MBeer Contest, o concurso cervejeiro do Mondial de La Bière, a Wäls Witte (500 ml – 5,1%) se baseia no tradicional estilo de cerveja de trigo de tradição belga. Esse estilo, o Witbier, normalmente usa cascas de laranja e sementes de coentro na receita. Mas o rótulo da Wäls vai além. Elaborada com especiarias diversas, tem aromas que lembram laranja-da-terra e pimenta jamaica, preservando a leveza e o final seco originais. O amargor é baixo e ela é muito refrescante e leve.

A Cervejaria Wäls, de Belo Horizonte (MG), é uma das mais premiadas no MBeer Contest no Brasil, com total de 10 medalhas.

3 – CriocA Brewing Co. IPAnema

Para aqueles que curtem cervejas um pouco mais amargas, mas nem tanto, as Session IPAs são fantásticas. Elas se baseiam na receita de uma IPA, mas devem ter menos de 5% de álcool. Por isso, são também ajustadas para terem menor corpo e amargor que as versões convencionais. E tudo isso traz também uma refrescância a mais.

A CriocA Brewing Co. IPAnema (500 ml – 4,8%) faturou medalha de platina — a premiação mais alta no MBeer Contest em 2014. Além de homenagear uma das praias mais famosas do Rio de Janeiro, cidade natal da cervejaria, foi elaborada pensando no calor desse cartão postal. É muito refrescante e fácil de beber, mas tem personalidade: aromas e sabores de frutas cítricas e tropicais, como maracujá e manga, corpo super leve, final é seco e o amargor médio.

4 – Overhop e Avant-Garde – Gravioh-lá-lá

Medalhista de ouro em 2019 no MBeer Contest, a Overhop Gravioh-lá-lá (473 ml – 4%) é uma Catharina Sour. Trata-se do primeiro estilo brasileiro no BJCP, um dos principais guias de estilos de cerveja do mundo. É uma cerveja ácida, o que aumenta bastante a refrescância da cerveja.

Esse estilo é baseado em um Berliner Weisse, tradicional estilo alemão de cerveja ácida de trigo, adicionado de frutas. No caso da Gravioh-lá-lá, muita graviola, é claro. Foi elaborada de forma colaborativa com a cervejaria Avant-Garde de Montreal, no Canadá.

5 – Cerveja Narcose e Synergy – Half Blind Peach Gose

Outra azedinha super leve e refrescante é a Half Blind Peach Gose (350 ml – 4%), produção colaborativa das cervejarias Cerveja Narcose (Capão da Canoa – RS) e Synergy (Sorocaba – SP). Além de ácido, o estilo Gose é salgado. Isso mesmo! O sal aqui adiciona complexidade ao paladar e complementa a acidez. Além disso, vai pêssego nessa cerveja, trazendo aroma e sabor da fruta numa combinação inusitada, leve e deliciosamente

Mercado Cervejeiro
23/06/2022 às 10h57.

Com nova lei, Rio de Janeiro pode ganhar mais cervejarias

Após receber aprovação final e entrar em vigor, lei pode ser o “empurrão” que faltava para pessoas que desejam abrir sua cervejaria artesanal, mas encontravam barreiras para isso.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
16/06/2022 às 10h00.

Dia do Orgulho LGBTQIA+: 3 iniciativas que apoiam a causa

O dia 28 de junho marca a luta pela diversidade e igualdade de direitos. A cerveja não está alheia ao tema e já existem, inclusive, iniciativas e empreendimentos na área.

Compartilhe