1. Home
  2. /
  3. Gastronomia
  4. /
  5. 3 caminhos para harmonizar cervejas com feijoada
3 caminhos para harmonizar cervejas com feijoada
Em 27/08/2022 às 10h00.

3 caminhos para harmonizar cervejas com feijoada

Dependendo da escolha da cerveja, podemos obter resultados diferentes e deliciosos com a mesma feijoada; confira.

Luis Celso Jr.
Por Luis Celso Jr., cervejar.com
Jornalista e Sommelier de cerveja

Quarta ou sábado? Qual seu dia preferido para comer feijoada? Bom mesmo é comer sempre, independente da data. Esse prato que é orgulho nacional e marca presença na mesa dos brasileiros, costuma vir acompanhado de laranja, couve e farofa. No copo, nada melhor que uma cerveja geladinha.

Mas, e se a bebida não só acompanhasse, mas de fato combinasse com o prato, brincando com os sabores em diferentes direções? Dependendo da escolha da cerveja, podemos chegar a resultados diferentes com a mesma feijoada. Quer umas dicas? Puxa o caderninho e anota para não esquecer.

Feijoada com Rauchbier

O sabor da feijoada é bastante terroso, por conta do feijão, mas também gorduroso e defumado por causa das carnes e embutidos utilizados. Ao trazer uma Rauchbier, cerveja feita com maltes defumados, valorizamos essa característica por semelhança, enfatizando-a. Já o álcool, a carbonatação e o amargor contrastam a gordura, limpando o paladar para uma próxima garfada tão saborosa quanto a primeira.

Procure a clássica Schlenkerla Märzen Rauchbier, cerveja alemã da cidade de Bamberg, região que preserva a tradição de cervejas defumadas com excelência até os dias de hoje. Seu dulçor também ajuda a contrastar com o salgado do prato.

Feijoada com Porter

O terroso da feijoada também pode ser alvo de uma combinação. Para isso, basta que usemos uma cerveja que traga aspectos semelhantes ao sabor terroso, como os maltes torrados. Eles vão reforçar o sabor do feijão em si, além de trazer um certo sabor de “grelhado” para o prato.

A Leopoldina Porter é uma Robust Porter com maltes bem torrados, mas sem exagero. Tem aromas e sabores de chocolate amargo, cacau e café coado, com corpo elevado e toque de frutas escuras, como ameixas frescas e secas. O amargor da torra e os 6% de álcool também fazem um bom trabalho limpando a sensação de gordura da boca.

Feijoada com Witbier

Trata-se de uma combinação inusitada, já que a primeira diretriz sobre harmonizações é: combine pratos leves com cervejas suaves, e intensos com cervejas fortes. Ou seja, essa harmonização vai contra a regra número 1!

Mas, é por um bom motivo. A ideia aqui não é equiparar forças, mas complementar o prato. A Witibier é uma cerveja de trigo leve, com cascas de laranja e sementes de coentro. Esse toque cítrico vai funcionar como se fosse a laranja da feijoada. Além disso, as sementes de coentro trarão frescor e vão enfatizar os temperos. Use a cerveja Blue Moon, uma Witbier bastante refrescante de origem norte-americana.

Mercado Cervejeiro
30/01/2023 às 11h30.

Michael Jackson da cerveja: Conheça o escritor que inspirou gerações de cervejeiros

Você sabia que o universo cervejeiro tem o seu Michael Jackson? Conheça a história do Beer Hunter, o jornalista que viajou o mundo em busca de uma cerveja excepcional.

Compartilhe
Mercado Cervejeiro
26/01/2023 às 11h30.

Pertinho de São Paulo: 5 lugares para beber cerveja artesanal em Campinas

A pouco mais de 80 quilômetros de São Paulo, Campinas é recheada de opções para curtir uma boa cerveja artesanal; conheça cinco lugares para beber na cidade.

Compartilhe