Home » Comportamento » Os 10 mandamentos para sobreviver a um festival de cerveja

Os 10 mandamentos para sobreviver a um festival de cerveja

Está chegando a hora. Na próxima quarta-feira, dia 4, começa o maior encontro cervejeiro do nosso calendário. No Mondial de la Bière Rio, você terá a chance de provar vários dos mais de 1.500 rótulos disponíveis.

Para ajudar você a sobreviver e tirar o melhor proveito dessa maratona, elaboramos uma lista de dez mandamentos que tornarão a sua visita mais inesquecível. E essas medidas simples valem para todo evento cervejeiro de que você participar.

1 – Amarás a estratégia sobre todas as coisas

Diante da oferta gigantesca, a falta de estratégia é a principal inimiga do cervejeiro. Estude com antecedência o que será oferecido e privilegie aquelas bebidas que você ainda não conhece e as edições especiais difíceis de encontrar na tap house do seu bairro. Depois dessa primeira passada, pode tomar outras de que goste, mas sabendo que o seu paladar já não estará tão preciso quanto nos primeiros goles.

 

Newslleter

2 – Não tomarás demais em vão

Beba menos, beba mais variedades. A tentação de encher um pint com aquela cerveja que você ama pode ser grande, mas tente resistir a ela. O ideal é ficar nos 100 ml de cada rótulo. Assim, no espaço que uma cerveja ocuparia, você prova cinco! E tem um bônus: com o tempo entre dar uma lavada no copo, entrar na fila e pegar a nova dose, sua vida útil no evento ganha horas.

3 – Santificarás a comida

Esqueça a dieta no dia do festival. Tome um café da manhã variado e almoce decentemente. Durante o festival, aproveite a oferta dos food trucks e mantenha seu estômago cheio. Sacos e cervejeiros vazios não param em pé. Macarrão, queijos, hambúrguer, pizza e ovos são aliados importantes para manter você sóbrio por mais tempo. E ainda ajudam a atenuar uma possível ressaca no dia seguinte.

 

4 – Honrarás horários e evitarás muvucas

Quanto ao melhor horário para chegar ao evento, há duas alternativas. A primeira é estar no local entre meia e uma hora antes da abertura dos portões e fazer parte da leva inicial de pessoas que entram e encontram os estandes inaugurando os trabalhos. Outra é chegar mais de uma hora após a abertura, quando essa primeira leva de cervejeiros já aplacou a sede inicial, e as coisas ficam mais fluidas. O problema de chegar mais tarde é que os rótulos mais desejados costumam entrar em risco de extinção já nas primeiras horas do evento.

5 – Não se chatearás

Na medida em que o nível alcoólico vai subindo, algumas pessoas podem colocar pra fora o seu lado mais selvagem. É gente que pode furar fila, xavecar alguém comprometido ou esbarrar violentamente nos outros cervejeiros. Nessas horas, respire e resgate o monge budista que existe dentro de você. Afinal, não dá para permitir que um sujeitinho desses estrague um dos dias mais importantes do ano.

 

6 – Não pecarás contra o conforto

Na hora de mergulhar no guarda-roupa antes de partir para o evento, tenha em mente o fato de que você vai passar muito tempo em pé e andando de um lado para outro. Assim, tênis e roupas confortáveis são o mais indicado para encarar as horas de evento. Deixe aquele modelito descolado para coisas menos importantes que um festival de cerveja, como casamentos, batizados, colações de grau…

 

7 – Não bobearás com a carteira e o celular

A ideia aqui não é se proteger contra ladrões (eles não curtem cerveja artesanal). Mas, sim, proteger você de você mesmo. Como são grandes as chances de você se deslocar, dançar bastante e ir algumas vezes ao banheiro, o melhor local para carteira e celular é um bolso de bermuda ou calça fechado com botão ou zíper.

 

8 – Não dirás falsos testemunhos na blitz

Nunca é demais lembrar que álcool e volante não combinam. Então vá ao evento de transporte público, táxi ou aplicativo. Se estiver hospedado em um hotel, mantenha um cartão consigo. Vai que rola aquela amnésia pós-festival…

 

9 – Não levarás coisas que machuquem o próximo


Nesses eventos, não é permitida a entrada com garrafas, objetos cortantes ou que apresentem riscos à segurança do público.

 

10 – Não cobiçarás as cervejas alheias

Se você estiver numa roda de amigos, compartilhe experiências e deixe seus companheiros dar uma bicada numa artesanal matadora que você estiver bebendo. Faça o mesmo no copo deles. Enfim, multiplique a sua experiência e confraternize. Isso é Cervejar!

Sobre por Redação

Você vai gostar de ver

brewpub - Foto Pixabay

Da fogueira ao brewpub

Quando damos um Google, encontramos que “bar” é um estabelecimento comercial com balcão e pequenas …

X